CARACTERIZAÇÃO HIDRÁULICA DE EMISSORES MICROSPRAY EM DIFERENTES PRESSÕES DE SERVIÇO

Carlos Magno Mulinario Poloni, Gustavo Haddad Souza Vieira, Bruno Eustáquio Cirilo Silva, Gabriel Peterle, Marlinda Rufina Jolomba, Paulo Henrique Dionizio Luiz

Resumo


O presente trabalho objetivou caracterizar emissores Microspray em diferentes pressões de serviço. O experimento foi conduzido no IFES – Campus Santa Teresa, Brasil. Foi montado um sistema de avaliação contando com 8 mangueiras de polietileno (16 mm) de 18 metros de comprimento cada, espaçadas entre si de um metro. As linhas continham 8 emissores do tipo Microspray Microjet Amarelo (Amanco) com vazão nominal de 13 L h-1 à pressão de 100 kPa, espaçados de dois metros. O sistema foi avaliado seguindo o método proposto por Denículi sendo submetido a pressões de serviço crescentes sendo 100, 150, 200, 250 e 300 kPa. Foi avaliada a vazão média, o coeficiente de variação de fabricação, o CUC (Coeficiente de Uniformidade de Christiansen) e o CUD (Coeficiente de Uniformidade de Distribuição). Os emissores Microspray Microjet Amarelo Amanco obtiveram os melhores resultados quando submetidos à avaliação sob as pressões de 150 a 200 kPa

Palavras-chave


Irrigação; Localizada; Uniformidade; Distribuição

Texto completo:

PDF

Referências


ASABE - American Society of Agricultural and Biological Engineers. Design and Installation of Microirrigation Systems. ASABE STANDARTS 2008, EP405.1 APR1988 (R2008). St. Joseph, 2008.

AZEVEDO, C.A.V.; AZEVEDO, H.M.; DANTAS NETO, J.; MEDEIROS, M.G.A.; Performance hidráulica e perfil de distribuição de água do microaspersor NAAN 7110, sob diferentes condições de vento. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.1, n.1, p.57-61, 1997.

AZEVEDO, C.A.V.; AZEVEDO, H.M.; DANTAS NETO, J.; MATOS, J.A. Avaliação da distribuição de água de um microaspersor autocompensante. Revista Irriga, v.4, n.3, p.168-174, 1999.

BERNARDO, S.; SOARES, A.A.; MANTOVANI, E.C. Manual de Irrigação. 8ª Ed. Viçosa, Ed. UFV, 2006, 625p.

DENÍCULI, W.; BERNARDO, S.; THIÉBAUT, J.T.L.; SEDIYAMA, G.C. Uniformidade de distribuição de água, em condições de campo num sistema de irrigação por gotejamento. Revista Ceres, v.27, n. 150, p 155-162, 1980.

MERRIAM, J.L.; KELLER, J. Farm irrigation system evaluation: a guide for management. Logan: Utah State University. 1978. 271p.

SIJALI, I.V. Drip irrigation: options for smallholder farmers in Eastern and Southern Africa. Technical Handbook, n.24. Regional Land Management Unit, 2001. 54p.

VIEGAS, C. 2015. Área irrigada no Brasil é de apenas 8%. Canal Rural. Disponível em: . Acesso 09 mai. 2017.




DOI: https://doi.org/10.18540/jcecvl4iss3pp0345-0348

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 The Journal of Engineering and Exact Sciences

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

eISSN 2527-1075 - The Journal of Engineering and Exact Sciences

revistareq2@gmail.com

(OLD TITLE: EISSN 2446-9416 - Journal of Chemical Engineering and Chemistry)

Av. P. H. Rolfs, s/n Departamento de Química/UFV

36570-900 Viçosa-MG/Brazil

https://jcec.ufv.br/

Template em docx: 

https://jcec.ufv.br/public/journals/1/files/template_REQ2.docx

Template em pdf: 

https://jcec.ufv.br/public/journals/1/files/template_REQ2.pdf

 

Flag Counter