SUCO MISTO DE LARANJA E CENOURA EM DIFERENTES CONCENTRAÇÕES

Kelly Isis Santana, Flávia Regina Passos, André Mundstock Xavier de Carvalho, Fabricia Queiroz Mendes

Resumo


Objetivou-se neste estudo avaliar físico-químicamente e sensorialmente suco misto de laranja e cenoura em diferentes concentrações. As análises físico-químicas foram realizadas em intervalos de oito dias por 22 dias de armazenamento. A análise sensorial foi realizada através do teste de aceitação no oitavo dia de armazenamento. Os sólidos solúveis e a acidez titulável não variaram entre os tratamentos. A acidez titulável variou ao longo do período de armazenamento, sendo esta variação acompanhada pelo aumento do pH. O tratamento controle apresentou menor teor de resíduo seco, diferindo do tratamento com 20% de suco de cenoura. Ao final do período de armazenamento, o teor de resíduo seco apresentou um aumento significativo. Os açúcares redutores diminuíram gradualmente em todos os tratamentos no decorrer do período de armazenamento dos sucos. Os tratamentos com 10% e 20% de suco de cenoura obtiveram melhor aceitação, não tendo sido verificado diferença significativa entre o tratamento controle

Palavras-chave


Análise físico-química; Aceitação; Armazenamento

Texto completo:

PDF

Referências


AGUILÓ-AGUAYO, I.; GANGOPADHYAY, N.; LYNG, J.G.; BRUNTON, N.; RAI, D. K. Impact of pulsed light on colour, carotenoid, polyacetylene and sugar content of carrot slices. Innovative Food Science & Emerging Technologies, Oxford, UK, v. 42, n. 1, p. 49-55, 2017.

AOAC – ASSOCIATION OF OFFICIAL ANALYTICAL CHEMISTS. Official methods of analysis of the Association of Official Analytical Chemists. 19. ed. Arlington: AOAC, 2012.

BRANCO, I. G.; SANJINEZ-ARGANDOÑA, E. J.; SILVA, M. M.; PAULA, T. M. Avaliação sensorial e estabilidade físico-química de um blend de laranja e cenoura. Ciência e Tecnologia de Alimentos, Campinas, SP, v. 27, n. 1, p. 7-12, 2007.

BRASIL. MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO – MAPA. Instrução Normativa n° 1, de 7 de janeiro de 2000. Aprova o regulamento técnico para fixação dos padrões de identidade e qualidade para polpa de fruta. Diário Oficial da Republica Federativa do Brasil, Brasília, DF, 10 de jan. de 2000, Seção 1, n 6. p. 54-58.

BRASIL. Decreto nº 6.871, de 4 de junho de 2009. Regulamenta a Lei nº 8.918, de 14 de julho de 1994, que dispõe sobre a padronização, a classificação, o registro, a inspeção, a produção e a fiscalização de bebidas. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 05 de jun. de 2009, Seção I, p. 20.

CECCHI, H. M. Fundamentos teóricos e práticos em análise de alimentos. 2. ed. Campinas: Unicamp, 2003.

DUTCOSKY, S. D. Análise sensorial de alimentos. Curitiba: Champagnat, 2013.

LEGUA, P.; FORNER, J. B.; HERNÁNDEZ, F.; FORNER-GINER, M. A. Physicochemical properties of orange juice from ten rootstocks using multivariate analysis. Scientia Horticulturae, Amsterdam, NL, v. 160, n. 1, p. 268-273, 2013.

LEME, J.; BORGES, J. M. Açúcar de Cana. Viçosa: Imprensa Universitária, Universidade Rural do Estado de Minas Gerais, 1965.

PINHEIRO, E. S.; COSTA, J. C.; CLEMENTE, E.; MACHADO, P. H. S.; MAIA, G. A. Estabilidade físico química e mineral do suco de uva obtido por extração a vapor. Revista Ciência Agronômica, Fortaleza, CE, v. 40, n. 3, p. 373-380, 2009.

RAZA, I.; BIBI, N.; KHAN, M. A.; ANWAR, M. Z.; BUKHARI, S. Use of mixture design for the sensory evaluation of carrot and orange juice. Pakistan Journal of Nutrition, Faisalabad, PB, v. 13, n. 11, p. 661-665, 2014.

REYES-DE-CORCUERA, J. I.; GOODRICH-SCHNEIDER, R. M.; BARRINGER, S. A.; LANDEROS-URBINA, M. A. Processing of fruit and vegetable beverages. In: CLARK, S.; JUNG, S.; LAMSAL, B. (Ed.). Food Processing: Principles and Applications. New Jersey: Wiley & Sons, 2014. Cap. 15, p. 339-362.

REIS, R. C.; MINIM, V. P. R. Teste de aceitação. In: MINIM, V. P. R. Análise sensorial: estudos com consumidores. 2. ed. Viçosa: Ed. UFV, 2010. Cap. 3, p.66-82.

RIVAS, A.; RODRIGO, D.; MARTÍNEZ, A.; BARBOSA-CÁNOVAS, G. V.; RODRIGO, M. Effect of PEF and heat pasteurization on the physical-chemical characteristcs of blended orange and carrot juice. LWT – Food Science and Technology, London, GB, v. 39, n. 10, p. 1163-1170, 2006.

RODRIGO, D.; ARRANZ, J. I.; KOCH, S.; FRÍGOLA, A.; RODRIGO, M. C.; ESTEVE, M. J.; CALVO, C.; RODRIGO, M. Physicochemical characteristics and quality of refrigerated Spanish orange-carrot juices and influence of storage conditions. Journal of Food Science, Chicago, IL, v. 68, n. 6, p. 2111-2116, 2003.

SARTORELLI, D. S.; FRANCO, L. J.; GIMENO; S. G. A.; FERREIRA, S. R. G; CARDOSO, M. A. Dietary fructose, fruits, fruit juices and glucose tolerance status in Japanese–Brazilians. Nutrition, Metabolism and Cardiovascular Diseases, Roma, V, v. 19, n. 2, p. 77-83, 2009.

STINCO, C. M.; BARONI, M. V.; NARANJO, R. D. D. P.; WUNDERLIN, D. A.; HEREDIA, F. J.; MELÉNDEZ-MARTÍNEZ, A. J.; VICARIO, I. M. Hydrophilic antioxidant compounds in orange juice from different fruit cultivars: Composition and antioxidant activity evaluated by chemical and cellular based (Saccharomyces cerevisiae) assays. Journal of Food Composition and Analysis, San Diego, CA, v. 37, n. 1, p. 1–10, 2015.

TORREGROSA, F.; ESTEVE, M.J.; FRÍGOLA, A.; CORTÉS, C. Ascorbic acid stability during refrigerated storage of orange–carrot juice treated by high pulsed electric field and comparison with pasteurized juice. Journal of Food Engineering, Essex, UK, v. 73, n. 1, p. 339–345, 2006.




DOI: https://doi.org/10.18540/jcecvl4iss3pp0338-0344

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 The Journal of Engineering and Exact Sciences

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

eISSN 2527-1075 - The Journal of Engineering and Exact Sciences

revistareq2@gmail.com

(OLD TITLE: EISSN 2446-9416 - Journal of Chemical Engineering and Chemistry)

Av. P. H. Rolfs, s/n Departamento de Química/UFV

36570-900 Viçosa-MG/Brazil

https://jcec.ufv.br/

Template em docx: 

https://jcec.ufv.br/public/journals/1/files/template_REQ2.docx

Template em pdf: 

https://jcec.ufv.br/public/journals/1/files/template_REQ2.pdf

 

Flag Counter