DETERMINAÇÃO DA FUNÇÃO DE CONDUTIVIDADE HIDRÁULICA DE UM LATOSSOLO DO CERRADO

Mariana Cecilia Melo, Lucas Martins Guimarães, Edu Leandro Melo, Paola Caroline Silva, Luis César Dias Drumond

Resumo


O estudo dos solos não saturados tem aplicação direta no uso racional da água, sendo essenciais em projetos e manejo da irrigação. Objetivou-se neste trabalho, determinar a função de condutividade hidráulica dos solos (FCH) pelo método indireto ajustada pelo modelo de Van Genuchten-Mualem para um latossolo da região do Alto Paranaíba. A FCH foi obtida por meio da curva de retenção de água nos solos (CRA) pela técnica do papel filtro e a condutividade hidráulica saturada do solo (Ksat) através do permeâmetro de Guelph, em 5 pontos e duas profundidades (0,2-0,4; 0,4-0,6 m). As CRA’s possuem comportamento bimodal devido a macro e microporosidade deste solo. Os valores de Ksat foram condizentes aos encontrados na literatura. As CRA’s e Ksat não apresentaram variabilidade entre os pontos e profundidades, mostrando a boa homogeneidade física deste latossolo ao longo do perfil do solo. A FCH ajustou-se bem ao modelo, sendo o primeiro trecho da CRA (0-8000 kPa) suficiente em projetos de irrigação

Palavras-chave


Condutividade hidráulica; Curva de retenção de água no solo; Papel filtro; Permeâmetro de Guelph; Irrigação

Texto completo:

PDF

Referências


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 7181/84. Solo – Análise Granulométrica – Procedimento. Rio de Janeiro, 13 p, 1984.

ASTM D-5298-03. Standard test method for measurement of soil potential (suction) using filter Paper, 2003.

BROOKS, R.H.; COREY, A.T. Hydraulic properties of porous medium. Hydrology Paper, Colorado State University Fort Collins, v. 3. Mar. 1964.

CAMARGO, D.P.; PIRES, M.V.O. Confecção da carta de aptidão de fundações de acordo com a proposta metodológica elaborada por Zuquette (1987) para o Campus da UFV – Rio Paranaíba. 2015. Monografia (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Viçosa, Rio Paranaíba, MG, 2015.

CARDUCCI, C.E.; DE OLIVEIRA, G.C.; SEVERIANO, E.C.; ZEVIANI, W.M. Modelagem da curva de retenção de água de latossolos utilizando a equação duplo Van Genuchten. Revista Brasileira de Ciências do Solo, v.35, p. 77-86, 2011.

CHANDLER, R.J.; CRILLY, M.S.; MONTGOMERY-SMITH, G. A low-cost method of assessing clay desiccation for low-rise buildings. Proceedings of the Institute of Civil Engineering, v.92, p. 82-89, 1992.

DEXTER, A.R.; CZY, E.A.; RICHARD, G.; RESZKOWSKA, A. A user-friendly water retention function that takes account of the textural and structural pore spaces in soil. Geoderma, v.143, p. 243-253, 2008.

EMBRAPA - EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA. Sistema brasileiro de classificação de solos. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. 2 ed. Rio de Janeiro, 2006.

FERREIRA, M.M.; FERNADES, B.; CURI, N. Influência da mineralogia da fração argila nas propriedades físicas de Latossolos da região sudeste do Brasil. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.23, n. 3, p. 515-524, 1999.

FREDLUND, D.G.; RAHARDJO, H. Soil Mechanics for Unsaturated Soils. New York, John Wiley & Sons, Inc.1993. p. 1 – 6, 1993.

FREDLUND, D.G.; XING, A.; HUANG, S. Predicting the permeability functions for unsaturated soil using the soil-water characteristic curve. Canadian Geotechnical Journal, v.31, n. 4, p. 533 - 546, 1994.

GARDNER, W. Some steady-state solutions of the unsaturated moisture flow equation with applications to evaporation from a water table. Soil Science, v.85, p. 228-232, 1958.

GONÇALVES, A.D.M.A.; LIBARDI, P.L.; BRAS, R. Análise da determinação da condutividade hidráulica do solo pelo método do perfil instantâneo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.37, p. 1174-1184, 2013.

MARINHO, F.A.M. Os solos não saturados: Aspectos teóricos, experimentais e aplicados. 2005. Monografia (Concurso de Livre Docência) – Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, 2005.

CAMARGO, D.P.; PIRES, M.V.O. Confecção da carta de aptidão de fundações de acordo com a proposta metodológica elaborada por Zuquette (1987) para o Campus da UFV – Rio Paranaíba. 2015. Monografia (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Viçosa, Rio Paranaíba, MG, 2015.

McCARTNEY, J.S. Determination of the hydraulic characteristics of unsaturated soils using a centrifuge permeameter. 2007. 388 f. Ph.D. Dissertation, University Texas.

NETTO, A.A.; FERNANDES, E.J. Condutividade hidráulica de um Latossolo Vermelho em pousio e cultivo intensivo. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v.40, n. 8, p. 797-802, 2005.

OLIVEIRA, G.C.; DIAS JUNIOR, M.S.; RESCK, D.V.S.; CURI, N. Caracterização química e físico-hídrica de um Latossolo Vermelho após vinte anos de manejo e cultivo do solo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.28, p. 327-336, 2004.

SEVERIANO, E.C. Alterações estruturais de Latossolos representativos da região do cerrado e potencial de uso de solos cultivados com cana-de-açúcar. 2010. 148 f. Tese (Doutorado em Ciência do Solo) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, MG, 2010.

SOTO, M.A.; CHANG, K.H.; VILAR, O.M. Análise do método do permeâmetro Guelph na determinação da condutividade hidráulica saturada. Águas Subterrâneas, v.23, p. 137-152, 2009.

SOUZA, Z.M.; ALVES, M.C. Movimento de água e resistência à penetração em um Latossolo Vermelho distrófico de cerrado, sob diferentes usos e manejos. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.7, p. 18-23, 2003.

VAN GENUCHTEN, M. A closed-form equation for predicting the hydraulic conductivity of unsaturated soils. Soil Science Society of American Journal, v.44, p. 892-898, 1980.

VAN GENUCHTEN, M.T.; NIELSEN, D.R. On describing and predicting the hydraulic properties of unsaturated soils. Annals of Geophysics, v.3, p. 615–628, 1985.

VOLLANT-TUDURI, N.; BRUAND, A.; BROSSARD, M.; BALBINO, L.C.; OLIVEIRA, M.I.L.; MARTINS, E.S. Mass proportion of microaggregates and bulk density in a Brazilian clayey oxisol. Soil Science Society of American Journal, v.69, p. 1559- 1564, 2005.




DOI: https://doi.org/10.18540/jcecvl4iss3pp0327-0333

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 The Journal of Engineering and Exact Sciences

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

eISSN 2527-1075 - The Journal of Engineering and Exact Sciences

revistareq2@gmail.com

(OLD TITLE: EISSN 2446-9416 - Journal of Chemical Engineering and Chemistry)

Av. P. H. Rolfs, s/n Departamento de Química/UFV

36570-900 Viçosa-MG/Brazil

https://jcec.ufv.br/

Template em docx: 

https://jcec.ufv.br/public/journals/1/files/template_REQ2.docx

Template em pdf: 

https://jcec.ufv.br/public/journals/1/files/template_REQ2.pdf

 

Flag Counter